Gerenciador de área de transferência (clipboard)

(Este artigo é parte integrante do Guia do Ubuntu Perfeito, o sucesso da aplicação deste artigo depende do sucesso das etapas anteriores)

Um recurso que deveria vir sempre incluído no sistema é um gerenciador de área de transferência (daqui em diante chamaremos de clipboard).

É muito ruim você ser surpreendido por um CTRL+V que foi perdido ou substituído por outro. Por isso é sempre recomendável que você instale um gerenciador de clipboard.

Se você ainda não utiliza um, então não sabe o que está perdendo.

Para instala-lo, siga as instruções abaixo.

Visite a página:

https://sourceforge.net/projects/copyq/

Geralmente o sourceforge já sugere a última versão para o seu sistema operacional, no meu exemplo:

copyq_2.4.6_Ubuntu_15.04_amd64.deb

Depois de ter descarregado o arquivo, execute no Terminal  :

sudo dpkg -i copyq_2.4.6_Ubuntu_15.04_amd64.deb
sudo apt-get install -f 

Depois de instalado, ele não se carrega automaticamente junto com a sua sessão, será necessário incluí-la, procure na sua barra de pesquisa por Aplicativos de Sessão e execute-o.

Então acrescente a relação de aplicativos que iniciam-se junto com a sua sessão o CopyQ com os parametros:

Nome: CopyQ
Comando: /usr/bin/copyq
Descrição: Gerenciador de clipboard

Pronto, salve e depois feche sua sessão e entre outra vez, agora note no painel superior:

CopyQ-clipboard-manager-1404

Considerações importantes

Se você é usuário de Windows por muitos anos, é provável que já tenha assimilado o uso CTRL+C/CTRL+V sem usar um gerenciador de clipboard, mas esforce-se a usa-lo no Linux e será muito mais produtivo. O CopyQ é multiplataforma, assim poderá usá-lo também no Windows.

Conclusão

Neste artigo você aprendeu o que é um gerenciador de clipboard e como instala-lo.

  1. #1 por Igor Ramos Tiburcio em 21 \21\UTC outubro \21\UTC 2010 - 21:49

    O parcellite é muito bom. Uma pena que foi descontinuado.

  2. #2 por Jordan em 25 \25\UTC outubro \25\UTC 2010 - 20:33

    Para que serve a opção -y?

  3. #3 por Requiem em 26 \26\UTC outubro \26\UTC 2010 - 1:13

    Pra não precisar ficar confirmando nada enquanto instala. Ja vai direto sacou?

  4. #4 por Marconi Pires em 27 \27\UTC outubro \27\UTC 2010 - 0:14

    Bão, hamacker?

    Tenho usado o KeepassX como gerenciador de senhas, e deixo selecionado “Limpar área de transferência após 5 segundos”, quando copio alguma senha. Acontece que o Parcellite não apaga essas entradas.
    Há alguma dica pra solucionar isso?
    ps: No Windows, o Ditto (similar ao parcellite) nem grava senhas copiadas direto do Keepass. Tem como fazer o mesmo com o Parcellite?

    Obrigado,
    abraços,
    Marconi

  5. #5 por Iniciante em 12 \12\UTC dezembro \12\UTC 2010 - 17:44

    Tem como visualizar o histórico do Parcellite não tendo esse instalado?

  6. #6 por Filipe Guerra em 21 \21\UTC janeiro \21\UTC 2011 - 14:55

    Jordan disse:
    25 de outubro de 2010 às 20:33

    Para que serve a opção -y?

    Serve para responder sim(yes) para o caso de ser perguntado se você tem certeza que quer instalar!

  7. #7 por Lex Aleksandre em 28 \28\UTC janeiro \28\UTC 2011 - 9:09

    Sou usuário do Debian Squeeze e o parcellite veio com um pequeno bug que fez com que eu passasse a utilizar o glipper, que é o gerenciador de clipboard oficial do Gnome. Ele parece ser mais leve que o Parcellite e possue os mesmos recursos e é mais integrado ao Gnome. Sua disponibilidade se dá através de um applet do próprio painel, ou seja, você não o encontrará no menu do Gnome.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: