Lidando com várias contas de usuários e compartilhando arquivos entre elas

Provavelmente, você completou todos os passos anteriores do Guia Ilustrado do Ubuntu Perfeito, ótimo.

Onde você está usando o Ubuntu Linux ? Em sua casa ?

Neste caso, você compartilha o computador com os demais membros da familia, não é ?

Se sim, você precisa criar novas contas de usuários.

É necessário que cada membro da familia tenha sua própria conta, isso evitará aborrecimentos.

Imagina a situação, seu filho que domina mais tecnologia aprendeu a controlar o mixer do som e deixou o SOM para a saída de fones de ouvido e em seguida foi para a escola. Depois veio sua esposa usar o computador e ver alguns vídeos no YouTube, porém nota que o som não está funcionando, ela deixa a saída de som no máximo e ainda assim não ouve nada. Quem ela vai chamar para resolver o problema ? Sim, você – o entendido em Linux.

Na realidade compartilhar a mesma conta com muitos membros da familia só traz problemas.

Só existe uma razão para compartilhar a mesma conta com os demais membros da familia, compartilhar também os arquivos. Saiba que neste artigo, mostrarei como compartilhar arquivos de forma bem simples e didática com as demais contas de usuários, notará que é bem mais simples do que parece e não há razão alguma para compartilhar uma mesma conta com demais usuários.

Existe um grupo de usuários no seu Linux chamado “Administrador do sistema”, todos os usuários (ou contas) que pertençam a este grupo podem controlar as funcionalidades do computador e podem ajustar configurações. Por exemplo, usuário comum não consegue remover uma impressora, formatar um disco ou apagar uma partição, porém “Administradores” podem. Daí a necessidade que haja apenas um “Administrador” em seu sistema.

OBSERVANDO MEUS PRIVILÉGIOS

Vamos chamar o programa “Configurador de usuários”, vá no menu Sistema->Administração->Usuários e grupos :

Selecione a si mesmo dentro as contas e depois clique em [Configurações Avançadas], uma senha será requerida, pois o que está prestes a fazer, somente “Administradores” podem.

Uma nova janela aparecerá dando detalhes da conta que foi selecionada, selecione a guia [Privilégios do Usuário], notou ?

Como você é administrador, pode experimentar dando permissão a você mesmo nos itens que não estão marcados.

Mas será que fará a mesma coisa para as outras contas de usuário ?

Certamente que não, os demais usuários não podem ser administradores, senão terão o poder de detonar o sistema.

Imagina essa situação : a sua esposa recebe uma mensagem dizendo “execute sudo rm -fR /” para acessar conteúdo secreto. Se ela for membro de “Administrar o sistema”, certamente conseguirá executar qualquer comando.

Apenas defina como “Administrar o sistema” aqueles que tem a tarefa  de instalar ou remover programas e periféricos ou ajustar configurações para todo o sistema.

Agora que você entendeu porque só deve haver 1 administrador, vejamos o comportamento de compartilhar vários usuários com uma unica conta se é adequado.

Outra situação : Usando uma conta compartilhada, um membro da familia remove acidentalmente o painel do GNOME, mas fica quieto e diz que foi o Linux que fez sozinho, enquanto isso ninguem da familia consegue usar o computador sem o bendito do painel. Todos aguardam o “entendido” em Linux para saber como remediar essa situação.

Separando essas contas, você terá a percepção de que cada Desktop revelará muito sobre as noções que cada membro da familia tem sobre o computador.

Se uma conta não for administrador, o máximo que um usuário pode fazer é detonar a configuração do seu próprio ambiente.

Porém não muda nada para as outras contas, ninguém será afetado pelos deslizes de outros.

Um usuário comum não pode sequer remover uma impressora, a menos que você marque a opção “Configurar impressoras” nas propriedades da conta dele.

Não há nada numa configuração do Linux que um usuário comum possa fazer para detonar o sistema. Se o Linux funciona bem agora, daqui 10 anos vai funcionar do mesmo jeito se os aspectos de privilégios estiverem restritos a usuário comum.

No entanto, como você pode ver  na figura :

Há diversos privilégios que você como Administrador você pode delegar, por exemplo, “Acessar dispositivos de armazenamento externo automaticamente” (vulgo pendrives) para que os membros da casa possam plugar pendrives e observar o conteúdos destes.

Agora, você entende melhor o funcionamento das contas no Linux, vamos ver agora um aspecto que permitiria a criação de um grupo comum a todos os membros da familia.

CADASTRANDO NOVAS CONTAS DE USUÁRIOS

Vamos aproveitar que estamos no “Configurador de usuários” e vamos cadastrar as contas dos membros de nossa familia.

Clique no botão [Adicionar] :

Na janela seguinte você será questionado sobre o nome da conta e o nome completo da pessoa que irá utiliza-lo :

O Ubuntu tem a mania de sugerir para nomes compostos, o login com o primeiro nome completo da conta e o primeiro digito do segundo nome, assim “Frederico Chaves” vira “fredericoc” ou “Marcelo Fernandes” viraria “marcelof”, essa metodologia é muito usada em ambientes corporativos, mas num ambiente mais familiar, use apenas o primeiro nome como nome de usuário.

Clique em [OK] para prosseguir à janela seguinte :

Nela, você fornecerá uma senha inicial para a conta, espera-se que o membro da familia troque-a logo após o login.

Pronto, agora você repete o processo para cada membro da familia.

DELEGANDO PRIVILÉGIOS

Invariavelmente precisamos que alguns membros possa ter alguns privilégios, neste exemplo, vamos delegar ao Frederico Chaves a possibilidade de : “Configurar Impressoras” e “Usar dispositivos de audio”.

Ainda no “Configurador de usuários”, selecione o usuário “Frederico Chaves” e clique em [Configurações Avançadas] :

Selecione a gruia [Privilégios do usuário] e marque os elementos “Configurar Impressoras” e “Usar dispositivos de audio” e depois clique no botão [OK].

Alguns privilégios não são exatamente como estão traduzidos, por exemplo, “Conectar em redes com fio e sem fio” todos podem. O que não podem é gerencia-las, o aspecto de gerenciamento dessa rede está disponível apenas a quem for delegado essa função.

Verifique se os privilégios são suficientes para a conta. Geralmente marco todas e só deixo de fora “Administrar o sistema”.

Repita este processo para todas as contas que você criou.

CRIANDO UM GRUPO COMUM

Você pode criar um grupo comum a todos os membros da familia, assim, um arquivo criado por um, também poderia ser acessado e modificado por outro que pertencesse ao mesmo grupo.

Você pode usar essa técnica para facilitar a aplicação de permissões, um exemplo que faremos a seguir é criar uma pasta chamada /home/familia, e depois dizer ao sistema que essa pasta só estará acessível aos membros do grupo “familia”.

Para criar um grupo comum, chame novamente o “Configurador de usuários”, clique no botão [Gerenciar Grupos]. Você verá uma relação de grupos já existentes, mas ignore-os, pois você vai clicar no botão [Adicionar] :

Dê o nome para o grupo como “familia”, digite em minusculo para facilitar nos procedimentos posteriores.

Marque as contas, ou membros do grupo “familia” como vê na figura abaixo :

Depois clique no botão [OK] para formalizar a grupo do grupo “familia” cujos membros são “Ambrosina Neves”, “Frederico Chaves” e “hamacker”.

COMPARTILHANDO A MESMA PASTA DE VÍDEOS, IMAGENS E MÚSICAS

Há vários anos eu experimento uma solução que acho muito boa, criar uma pasta /home/familia e estabelecer permissões para que todos os membros da familia possam compartilhar arquivos alí. Também modificar os atalhos do gerenciador de arquivos para que mesmo eles achando que estão depositando arquivos em /home/fulano/Imagens, na realidade estes arquivos venham a parar em /home/familia/Imagens.

Vou compartilhar com vocês como eu posso fazer isso, leia o artigo a seguir :

Compartilhando a mesma pasta de Videos, Imagens e Musicas entre todos os usuários

Pois o artigo acima, cria um modelo de pastas onde membros da familia poderão compartilhar Videos, Imagens e Musicas, que é bem mais simples de ser executado do que os procedimentos que iremos ver a partir de agora.

TESTANDO AS CONTAS CRIADAS

Se voce conclui a execução do artigo :

Compartilhando a mesma pasta de Videos, Imagens e Musicas entre todos os usuários

Agora reinicie o computador e teste o login de cada membro da familia com  a senha que você forneceu.

A cada teste, execute :

  • Vá no menu Sistema->Preferencias->Sobre mim e aproveite a ocasião para mudar a foto e dados pessoais dessa conta ;
  • Mova os arquivos que estão nas pastas Musicas, Imagens e Vídeos para  :
    • /home/familia/NossasMusicas
    • /home/familia/NossasImagens
    • /home/familia/NossosVideos

Na realidade, quando estes familiares usarem o computador, já sentirão a diferença só por causa de suas fotografias :

Repita essa operação com todas as contas.

MUDANDO PERMISSÕES DA PASTA /home/familia

Depois de ter movimentado todos os arquivos de sua familia para /home/familia, é altamente recomendado que você mude as permissões dessa pasta, execute :

sudo chmod 1774 -R /home/familia
sudo chown -R <meulogin>.familia /home/familia

Isso garantirá que as permissões originais não permaneçam, e que todos os arquivos alí contidos sejam acessíveis a todos.

CONFIGURANDO OS USUÁRIOS  PRÉ-EXISTENTES

Se você executou com sucesso o artigo :

Compartilhando a mesma pasta de Videos, Imagens e Musicas entre todos os usuários

Vamos recapitular algumas coisa que você já fez :

  • Criou uma pasta /home/familia ;
  • Deu permissões (chmod e chown) a essa pasta para que todos os membros da familia pudessem gerencia-la ;
  • Criou uma estrutura com subpastas de nome :
    • /home/familia/NossasMusicas
    • /home/familia/NossasImagens
    • /home/familia/NossosVideos

A partir desse instante, precisamos mudar os atalhos Videos, Musicas e Imagens dos usuários pré-existentes e  tornar o desktop deles consistente com o que desejamos.

Minha familia não é expert em linux e muito provavelmente descarregarão imagens, musicas e vídeos em suas pastas pessoais e não salvarão este conteúdo em /home/familia, isso vai criar dois repositórios de arquivos, um pessoal e outro publico. Minha experiencia pessoal indica que os nossos familiares mais experientes usarão os atalhos do gerenciador de arquivos para depositarem seus arquivos de forma mais rápida, por essa razão, precisamos modificar aquelas atalhos no painel esquerdo chamado de atalhos locais. Sim, aquele que traz atalhos prontos para Documentos, Música, Imagens,Vídeos e Downloads :

Se isso não for feito, ao invés de popularem /home/familia irão popular essas pastas que já estão no $HOME.

Para modificar estes atalhos do gerenciador de arquivos do GNOME, faça o login usando a credencial de algum familiar que necessite migrar as pastas Músicas, Vídeos e Imagens para /home/familia.

Dê um ALT+F2 e execute “gedit /home/fulano/.gtk-bookmarks” e edite o arquivo :

file:///home/fulano/Documentos
file:///home/fulano/M%C3%BAsica
file:///home/fulano/Imagens
file:///home/fulano/V%C3%ADdeos
file:///home/fulano/Downloads

Então troque as ocorrencias desejadas por :

file:///home/fulano/Documentos
file:///home/familia/NossasMusicas
file:///home/familia/NossasImagens
file:///home/familia/NossosVideos
file:///home/fulano/Downloads

Eu aproveitaria a ocasião para incluir ainda mais pastas, mas você decide isso.

Salve o arquivo e saia do editor.

Agora precisaremos editar outro arquivoe, dê um ALT+F2 e execute “gedit /home/fulano/.config/user-dirs.dirs” e troque as ocorrências :

XDG_DESKTOP_DIR="$HOME/Área de Trabalho"
XDG_DOWNLOAD_DIR="$HOME/Downloads"
XDG_TEMPLATES_DIR="$HOME/Modelos"
XDG_PUBLICSHARE_DIR="$HOME/Público"
XDG_DOCUMENTS_DIR="$HOME/Documentos"
XDG_MUSIC_DIR="$HOME/Música"
XDG_PICTURES_DIR="$HOME/Imagens"
XDG_VIDEOS_DIR="$HOME/Vídeos"

Por :

XDG_DESKTOP_DIR="$HOME/Área de Trabalho"
XDG_DOWNLOAD_DIR="$HOME/Downloads"
XDG_TEMPLATES_DIR="$HOME/Modelos"
XDG_PUBLICSHARE_DIR="$HOME/Público"
XDG_DOCUMENTS_DIR="$HOME/Documentos"
XDG_MUSIC_DIR="/home/familia/NossasMusicas"
XDG_PICTURES_DIR="/home/familia/NossasImagens"
XDG_VIDEOS_DIR="/home/familia/NossosVideos"

Você pode, se desejar, trocar o nome de algumas pastas. Eu por exemplo, acho “Área de Trabalho” um nome muito longo e sempre troco por “Desktop”, mas você decide o que deseja fazer.

Salve o arquivo e saia do editor.

Quando os membros da familia usam uma caixa de dialogo para salvar um arquivo, eles naturalmente usarão os atalhos no painel esquerdo onde estão os atalhos locais, certo ?

Nem sempre, os mais experientes fazem isso, mas haverá alguns que clicarão na “casinha” e serão levamos para o $HOME onde serão expostos todas as suas pastas :

Vê as pastas grifadas ? Pois então, o usuário irá ignorar os atalhos locais (painel do lado esquerdo) e pela lei do menor esforço escolherá uma dessas pastas que já existem.

Para evitar essa situação recomendo a remoção dessas pastas, a saber, “Musica, Vídeos e Imagens” usando o próprio gerenciador de arquivos. Obviamente, antes de chegar a esse ponto voce moveu o conteúdo delas para /home/familia/Minhas…, né ?

Agora que você removeu essas pastas,  pense no seu familiar, ao olhar a pasta raíz $HOME, o camarada não vê nenhuma pasta com o nome sugestivo como Musicas, Imagens ou Videos, o que pode acontecer ? Sim, vai popular a pasta raiz, daí um dia você vai observar /home/fulano e notará que musicas, videos e imagens tá tudo ali, tudo junto e misturado, minha recomendação ? Voce deve recria-las, porém como links simbólicos dando a impressão que a pasta está ali, mas é apenas um link para /home/familia. Execute e entenderá :

ln -s /home/familia/NossasMusicas /home/fulano/NossasMusicas
ln -s /home/familia/NossasImagens /home/fulano/NossasImagens
ln -s /home/familia/NossosVideos /home/fulano/NossosVideos

Note agora como fica :

Notou a diferença ?

As mesmas pastas agora se tornaram atalhos(na realidade links), não importa mais se seu familiar for usar o painel da esquerda com os atalhos locais ou as pastas $HOME, ambos os sentidos levam para o mesmo lugar.

Imagens, Musicas e Vídeos estarão sempre compartilhados e acessíveis de forma simples.

Agora vem a parte chata, este processo deve ser reprisado para cada usuário  de conta pré-existente.

CONCLUSÃO

Neste artigo você aprendeu a criar novas contas, estabelecer privilégios, criar um grupo familiar e um modo eficiente de compartilhar documentos entre os familiares.

  1. #1 por Fabiocs em 6 \06\UTC abril \06\UTC 2011 - 13:23

    Muito bom seu artigo… mas poderia nos mostrar como se faz isso em modo texto? Assim poderia ajudar a maioria dos administradores de Sistema, que na sua maioria não sua interface gráfica! Obrigado, abraço – Fábiocs

  2. #2 por admin em 6 \06\UTC abril \06\UTC 2011 - 15:08

    Leia :
    http://hamacker.santhanna.net/?page_id=3277
    Ele mostrará como fazer a partir do prompt numa máquina que ainda não há contas.
    Muitas dessas idéias foram tidadas de outro artigo :
    http://hamacker.santhanna.net/?page_id=574

  3. #3 por Lex Aleksandre em 6 \06\UTC abril \06\UTC 2011 - 19:07

    Excelente artigo!

  4. #4 por Marco em 7 \07\UTC abril \07\UTC 2011 - 1:46

    Muito bom o artigo!
    Já faço isso há algum tempo, mas com algumas diferenças.
    Acho que mais simples do que mudar os arquivos de bookmark do gnome e os diretórios de usuário, é simplesmente criar os links mantendo o nome original:
    ln -s /home/familia/NossasMusicas /home/fulano/Música

    Outra coisa é o seguinte. Por padrão, quando um arquivo é criado, somente o usuário tem permissão de escrita, os outros, mesmo que no mesmo grupo, tem permissão somente de leitura!
    Não preciso explicar por que é ruim não ter permissão de escrita no arquivo….
    O que eu faço é mudar o umask para 002 no lugar de 022 do ubuntu. Além disso, coloco como grupo principal dos usuários o grupo família, assim todo arquivo criado pertence ao grupo familia.
    Sei que isso implica no compartilhamento de outros arquivos do usuário, mas depende também do que se deseja compartilhar/proteger.

  5. #5 por admin em 7 \07\UTC abril \07\UTC 2011 - 12:49

    Realmente isso pode ocorrer, o chmod 1774 é justamente para evitar isso.
    Mas a solução com umask 002 me parece melhor.

  6. #6 por Luciano Ferreira de Lima em 13 \13\UTC novembro \13\UTC 2011 - 14:12

    A terceira imagem não está disponível. Parabéns, ótimo post !

  7. #7 por hamacker em 13 \13\UTC novembro \13\UTC 2011 - 17:34

    Estranho, testei aqui e deu certo, tenha este link direto :
    http://tenet.dl.sourceforge.net/project/ubuntu-perfeito/isos/ubuntu-11.10c-hamacker-amd64.iso

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: