Instalar o tocador VLC e tornar ele padrão do sistema

(Este artigo é parte integrante do Guia do Ubuntu Perfeito, o sucesso da aplicação deste artigo depende do sucesso das etapas anteriores)

O VLC é considerado por muitos um dos melhores softwares usados para transmissão e reprodução de vídeos. Isso devido a gama de plataformas suportadas, formatos de arquivos tocados, dentre outras funcionalidades que vêm sendo agregadas ao VLC constantemente. A maioria dos tocadores multimídia requerem o uso de codecs, o VLC por outro lado, vem pronto para uso. Se um vídeo não funcionar no VLC, você não fica na dúvida se é por falta de algum codec.

Algo que também gosto no VLC é ele se encarregar de tocar arquivos .ISO com o conteúdo de DVD. Isso é excelente no meu caso porque às vezes alugo filmes e não dá tempo de assistir, então faço uma cópia em formato .ISO e depois assisto o mesmo pelo VLC.

Ele também se encarrega de conteúdo por streamming quando estivermos usando o navegador Firefox.

Há duas versões do VLC, a versão 1.x – que acompanha a maioria das distribuições antes do Ubuntu 12.04 – e a versão 2.x que acompanha o Ubuntu a partir da versão 12.04. Se estiver usando uma distribuição anterior ao Ubuntu 12.04 então terá de acrescentar outro repositório se desejar obter a versão 2.x do VLC :

sudo add-apt-repository ppa:n-muench/vlc
sudo apt-get update 

Para instala-lo, vá ao terminal do sistema e  execute o comando :

sudo apt-get install -y vlc vlc-nox vlc-plugin-sdl

Se o firefox for o navegador padrão do seu sistema e tiver instalado o VLC 1.x, instale também :

sudo apt-get install -y mozilla-plugin-vlc

Depois de instalado, o sistema ainda abrirá arquivos multimídia usando o tocador padrão do seu sistema.

Para mudar este comportamento, isto é, fazer com que determinados tipos de vídeo sejam abertos diretamente pelo VLC com o duplo clique temos de associar o tipo de extensão do arquivo ao VLC. Para fazer essa operação, as instrções dependem se o sistema for GNOME ou KDE, pois ambos divergem em como fazer esse tipo de operação.

Tornando o VLC o tocador padrão do ambiente GNOME

Usando o próprio gerenciador de arquivos, selecionamos um arquivo que tenha a extensão desejada e fuçamos em suas propriedades :

Nas propriedades do arquivo – que em a extensão .avi – seleciono a guia [Abrir com] e especifico com com aplicativo essa extensão de arquivo será sempre aberta :

Será que funciona ? Vamos dar um duplo clique no arquivo .AVI e vejamos com qual aplicativo o mesmo será aberto :

Se você tem apenas a sua conta no seu sistema, essa solução já lhe será suficiente.

Mas e se você tiver outras pessoas que usam o computador e quiser dar a elas essa mesma oportunidade ?

Você pode ensinar a elas este procedimento, ou pode fazer uma associação de Mime inteira para o seu sistema, e neste caso, o tocador padrão escolhido valerá para todos que não tiverem feito esta associação por extensão de arquivos que fizemos até aqui.

Tornando o VLC o tocador padrão do ambiente KDE

Usando o próprio gerenciador de arquivos, selecionamos um arquivo que tenha a extensão desejada e fuçamos em suas propriedades :

Existe nas propriedades de esse arquivo um botão para editar o tipo de arquivo, se clicarmos nele :

Podemos agora mencionar qual o tocador padrão para este tipo de arquivo (Vídeo AVI) por colocar o VLC como primeira opção.

Associando um MIME para todo o sistema

Se você quiser fazer essa associação valer para todos os usuários do sistema terá de realizar um caminho diferente,terá de dar um ALT+F2 e executar o comando:

gksu gedit /usr/share/applications/defaults.list  <– GNOME

kdesudo kate /usr/share/applications/defaults.list  <– KDE

Isso abrirá um editor de textos com todos os mimes associados a seus respectivos aplicativos, provavelmente encontrará o mime para arquivos .avi (video/x-avi) associado ao Totem, vejamos :

(…)
video/vivo=totem.desktop
video/vnd.divx=totem.desktop
video/vnd.rn-realvideo=totem.desktop
video/vnd.vivo=totem.desktop
video/x-anim=totem.desktop
video/x-avi=totem.desktop  -> video/x-avi=vlc.desktop
video/x-flc=totem.desktop
video/x-fli=totem.desktop
video/x-flic=totem.desktop
video/x-flv=totem.desktop
(…)

Como eu disse, realmente está associado ao TOTEM, agora basta alterar a linha em destaque, isto é, a ocorrencia “video/x-avi=totem.desktop” por “video/x-avi=vlc.desktop”. Se o conjunto de linhas acima não existir – no KDE elas não existem – então basta colar a linha acima já modificada.

Você pode aproveitar e mudar o tocador para também outros MIMEs de vídeo como .mp4, .rmvb, .ogv, etc…
Lembrando que a edição acima não aponta diretamente ao VLC, mas ao atalho vlc.desktop, portanto o atalho para o VLC está representado pelo arquivo /usr/share/applicarions/vlc.desktop e este provavelmente existe em seu sistema(se não existir, não irá funcionar nossa alteração). Para conferir, dê um ALT+F2 e execute :

gksu gedit /usr/share/applications/vlc.desktop <– GNOME

kdesudo kate /usr/share/applications/vlc.desktop <– KDE

Isso abrirá o editor de textos e exibirá o conteúdo de vlc.desktop, aproveite também para olhar a se a instrução “MimeType=” contempla o mesmo mime que editamos anteriormente, isto é, “video/x-avi”, ex:

MimeType=video/dv;video/mpeg;video/x-mpeg;video/msvideo;video/quicktime;video/x-anim;video/x-avi;video/x-ms-asf;video/x-ms-wmv;video/x-msvideo;video/x-nsv;video/x-flc;video/x-fli;application/ogg;application/x-ogg;application/x-matroska;audio/x-mp3;audio/x-mpeg;audio/mpeg;audio/x-wav;audio/x-mpegurl;audio/x-scpls;audio/x-m4a;audio/x-ms-asf;audio/x-ms-asx;audio/x-ms-wax;application/vnd.rn-realmedia;audio/x-real-audio;audio/x-pn-realaudio;application/x-flac;audio/x-flac;application/x-shockwave-flash;misc/ultravox;audio/vnd.rn-realaudio;audio/x-pn-aiff;audio/x-pn-au;audio/x-pn-wav;audio/x-pn-windows-acm;image/vnd.rn-realpix;video/vnd.rn-realvideo;audio/x-pn-realaudio-plugin;application/x-extension-mp4;audio/mp4;video/mp4;video/mp4v-es;x-content/video-vcd;x-content/video-svcd;x-content/video-dvd;x-content/audio-cdda;x-content/audio-player;video/x-flv;

Puxa, parece que o mime existe, então tudo funcionará a contento, isto é, o VLC passará a ser o tocador de AVI para o sistema inteiro e para todos os usuários existentes, claro que se alguém preferir outro tocador bastará a ele associar a extensão .avi a seu tocador preferido, como fizemos no inicio deste artigo.

Essa alteração só entrará em vigor quando reiniciarmos o sistema.

O ambiente gráfico (especificamente, GNOME e KDE) dá prioridade ao ambiente do usuário, assim, se o usuário definiu um tocador padrão para um tipo de arquivo em seu ambiente, editar a MIME list será inútil.

Conclusão

Parabéns ! Agora você já sabe instalar o VLC e mudar o tocador padrão do sistema.

Anúncios
  1. #1 por TuksINUX em 22 \22\UTC janeiro \22\UTC 2011 - 3:41

    Conheces o SMplayer?

    Coloca ele como alternativa para quem não curte o VLC!

    O Mplayer não possibilita este tipo de config, e vem padronizado em 10s, então quando se perde uma legenda ele volta demais o vídeo. Mas como o SMplayer é baseado no Mplayer, o que me chama a atenção para ele é a possibilidade de configurar o tempo de avanço e retrocesso do video com as setas do teclado (configuro para 4s), assim quando perco uma legenda ao pressionar a seta para a esquerda ele volta para pouco antes da legenda perdida. Aliás, até no RWinCROSOFT passei a utilizá-lo como reprodutor de video padrão.

    Outro ponto é que o SMplayer é mais leve que o VLC!

    Obrigado pela atenção e até!

  2. #2 por Bruno Bittencourt (@Bs_Bittencourt) em 24 \24\UTC agosto \24\UTC 2012 - 14:39

    Olá Hamacker! Não seria mais correto adicionar o PPA estável do VLC também até para o Ubuntu 12.04 (ppa:videolan/stable-daily)? Pois, o PPA indicado pode quebrar alguns pacotes.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: