Arquivo de setembro \29\UTC 2007

Remake para Ubuntu : Goody

Goody é um jogo de plataforma, onde o objetivo é apanhar todos os sacos de dinheiro que tiverem pelo caminho. Possui continue, suporte a joystick e semelhante a versão para o MSX também possui alguns “cheats”. É bastante viciante, eis um screenshot :

Goody for Linux

Para instalar vá até a seguinte página :

http://lnx.webxprs.com/web/index.php?option=com_remository&Itemid=2&func=fileinfo&id=3

O pacote está em formato .deb, porém está dentro dum .zip. Descompacte o arquivo .zip e dê um duplo clique no arquivo .deb, após isso o gDebi vai aparecer com os dados do pacote como nome, versão,descrição, … enfim, apenas clique no botão “instalar pacote”.

Para joga-lo crie este atalho, dê um ALT+F2 e execute “gksu gedit /usr/share/applications/goody.desktop” e coloque este conteúdo :

[Desktop Entry]
Name=Goody – The Remake
Comment=Goody é um jogo de plataforma, onde o objetivo é apanhar todos os sacos de dinheiro que tiverem pelo caminho
Exec=/usr/games/goody
Icon=goody.png
Terminal=false
Type=Application
Categories=Application;Game;

Salve o arquivo e saia do gedit. Ficou faltando apenas um ícone para este jogo, se voce realmente quiser usar um ícone salve uma imagem qualquer como /usr/share/pixmaps/goody.png.

O jogo já está instalado e encontra-se no menu na seção “Jogos”.

Para joga-lo, as teclas são :

Setas = mover, pular e abaixar
Space = atira tijolos
Enter = colocar/pegara escada
Enter+setas = selecionar um item
Ctrl = congelar
F2 = som+musica liga/desliga
F5 = Ajuda
Esc = sair do jogo

Alguns cheats que voce poderá acompanhar no forum.

Bom divertimento!

6 Comentários

Remake do jogo 'The Goonies' para Ubuntu

Como não só de bits e bytes vivem os viciados em tecnologia, vou descrever um passo-a-passo para a instalação dum jogo muito conhecido pelos fãs de 8 bits : ‘The Goonies’. Esse jogo datado lá da época de 1986 era baseado num filme de mesmo nome e tinha uma trilha sonora da Cindy Lauper que era de arrebentar para a época, usava todos os 3 canais de som do MSX, realmente a Konami na época era imbátivel. Agora temos um remake dele, isto é, um jogo que lembra o jogo original produzido por outro programador. A instalação é bem mais simples do que antes, visto que agora contamos com pacote pronto para Ubuntu.

Um screenshot para preparar o coração :

The Goonies para Linux
Vamos ao passo-a-passo :

1) Faça o download do pacote .deb em :

http://www.braingames.getput.com/goonies/default.asp

Voce reparará que há link para :

Faça o download da versão correspondente para o seu sistema, após isso, dê um duplo clique no arquivo .deb que foi baixado e em seguida o programa gDebi vai aparecer mostrando dados do pacote como descrição, tamanho,… enfim apenas clique no botão “Instalar pacote”.

Para joga-lo apenas acesse a seção “Jogos” do seu menu principal.

Boa diversão.

7 Comentários

Lançado o plugin Liquid Rescale para o GIMP

Apenas complementando a nota do André Noel sobre um novo plugin para Gimp chamado de ‘liquid rescale’. Este novo plugin é uma implementação open source  dum novo método/algoritmo desenvolvido por Shai Avidan e Ariel Shamir onde é capaz de fazer redimensionamento de imagens com pouca perda e mantendo a mesma proporção.

Shai Avidan e Ariel Shamir escreveram um algoritmo capaz de detectar pontos de luz numa imagem e assim detectando quais são as áreas da imagem de maior importância para que no redimensionamento da imagem essas áreas mantenham uma mesma proporção que antes, é simplesmente revolucionário.  É um pouco difícil de explicar, mas vejam com o seus próprios olhos :

Download desse plugin (source, slackware, ubuntu feisty/gutsy, binário em .tar.gz e windows) :

http://registry.gimp.org/plugin?id=10292

Mais informações em :

http://liquidrescale.wikidot.com/

14 Comentários

Como ? Precisa do módulo gspca, spca5xx, lirc, …? É prá já.

Tá precisando daquele gspca, spca5xx, ipw2100,lirc,… o qual voce não possui instalado ?

A idéia é simples, compile-o. Há diversos fontes desses módulos no repositório do seu Ubuntu prontos para serem usados.

Geralmente eles são carregados diretamente no boot, no entanto, há circunstancia que alguns deles ficam de fora e voce precisa compila-los e instala-los. Isso não é dificil, no entanto, é bom saber para que eles servem antes de instalar, até porque alguns deles podem conflitar com o que já existe instalado.

Um jeito bastante simples de descobrir o que voce tem no repositório referente a fontes de módulos de kernel é executar este comando :

 apt-cache search source|grep "-source"

Assim serão listados todas as opções e se voce necessitar de instalar qualquer um deles, use o jeito debian :

Antes de prosseguir, confira se as ferramentas necessárias estão instaladas :

sudo apt-get install module-assistant debhelper dpkg-dev gettext \
       html2text intltool-debian patch po-debconf dh-make debian-keyring build-essential

Por exemplo, para conseguir baixar, compilar e instalar o módulo gspca :

sudo aptitude install gspca-source
sudo m-a auto-install gspca

E pronto.

Se voce por exemplo quer suporte a infravermelho para fazer aquele controle remoto da PixelView(placa de captura e TV), o procedimento é basicamente o mesmo :

sudo aptitude install lirc-modules-source
sudo m-a auto-install lirc-modules

Simples de novo, não ?

Mas nem todos são tão fáceis, há módulos cujas versões é bugado a partir duma versão de kernel, um exemplo disso é o modulo “spca5xx” que precisa duma pequena adaptação por causa das modificações recentes no kernel :

sudo aptitude install spca5xx-source
sudo m-a auto-install spca5xx

Porém, apenas os comandos acima não irão resolver porque o arquivo ‘ config.h’ é requerido por esse módulo, mas nas versões recentes do kernel, esse arquivo não existe, ou alias, existe, mas agora chama-se ‘autoconf.h’, assim para resolver esse pequeno problema :

sudo ln -s /usr/src/linux-headers-`uname -r`/include/linux/autoconf.h \
   /usr/src/linux-headers-`uname -r`/include/linux/config.h

Reposto o arquivo que faltava, agora sim, podemos compilar o módulo, repetindo o ultimo comando o qual falhou :

sudo m-a auto-install spca5xx

Os arquivos .deb gerados pelo comando acima vão parar em /usr/src, e se por ventura necessitar instala-los mais tarde ou manualmente :

sudo dpkg -i /usr/src/spca5xx-modules-2.6.22-11-generic_20060501-2ubuntu2+2.6.22-11.32_i386.deb

Dessa forma, podemos criar módulos para webcams, modems, placas de tv/rede wifi/video (ATI e NVIDIA) e muitos outros modulos. O comando ‘sudo aptitude install blabla-source’ é apenas didático e pode ser ignorado, pois o próprio ‘m-a’ baixa, compila e instala o módulo blabla.

Espero que tenha gostado e não tenha sido técnico demais.

6 Comentários

Instalando os principais [des]compactadores no Ubuntu

É muito ruim voce ser surpreendido por um usuário daquele outro sistema operacional por não estar conseguindo descompactar um tipo de formato de arquivo, apesar do outro sistema operacional vir apenas com um descompactador para arquivos .zip, estes usuários já estão acustumados a instalar softwares completares e suporem que seus sistemas já são completos. Assim como no sistema deles, também precisamos instalar os compactadores/descompactadores que nos permitirão gerenciar tais tipos de arquivos.

A diferença é que no caso do Ubuntu há um único gerenciador para todos estes formatos, isto é, um único frontend (chamado de file-roller) capaz de compactar/descompactar todos os tipos de formatos de compactação conhecidos. Mas este gerenciador é apenas um frontend, isto é, para este gerenciador compactar/descompactar arquivos no formato .zip, é necessário ter o programa “zip” e “unzip” instalados e sucessivamente para todos os outros formatos.

Para quem usa um desktop numa empresa, é vital gerenciar todo o tipo de arquivo compactado e é perda de tempo ter que instalar tais compactadores sob demanda, isto é, a medida que tais arquivos aparecem vamos instalando-os, pois pode ser surpreendido num momento onde a internet pode estar indisponivel para completar sua instalação. Portanto, a dica a seguir é para instalar todos os principais formatos de arquivos compactados duma única vez :

sudo apt-get -y install unace rar unrar zip unzip p7zip-full p7zip-rar \
  sharutils aish uudeview mpack lha arj cabextract file-roller

Após isso, provavelmente não terá mais problemas em abrir formatos compactados.

Os pacotes “p7zip-full” é um pacote novo que nem todas as versões de Ubuntu possuem, se voce não possui-lo nos seus repositorios apenas troque por “p7zip”. O p7zip-rar dá a habilidade do p7zip de descomprimir também o formato .rar, portanto sua instalação é redundante já que vamos instalar o rar e unrar.

5 Comentários