Arquivo de agosto \13\UTC 2008

Frontend básico para 7zip, bzip2, zip, gzip e tar

Apesar de alguns probleminhas, sem sombra de dúvidas o compactador/descompactador do GNOME é muito bom, é integrado ao nautilus e pode usar múltiplos formatos como 7zip, rar,zip,tar, bzip2,… e é fácil de usar. Mas quando necessitamos criar um arquivo compactado com alguns diferenciais como multivolume sequenciados ou senha usando algum formato como 7zip, bzip2, zip, gzip e tar então a coisa muda de figura. Percebemos que não poderemos usar o nautilus, e então a solução é recorrer a linha de comando. Meu compactador/formato preferido é o 7zip, mas convenhamos :

/usr/bin/7z a -y -t7z -m0=lzma -mx=9 -mfb=64 -md=32m -ms=on -v600m \
-ax@/arquivo/para/serem/ignorados/listanegra.txt \
/onde/gerar/o/arquivo.7z \
/pasta/para/compactar

Não é exatamente algo fácil de assimilar, se você for um rapaz esperto ainda dá para criar um “alias” com esse comando, mas se você for uma pessoa que gosta de resolver tudo na interface gráfica ? Então temos um problema a resolver.

Uma das maneiras de resolver, é instalarmos frontends gráficos que possam trabalhar com o formato de arquivo que pretendemos, há duas opções que eu conheço e já fiz uma análise, o Q7Z e PeaZip.
Sobre o Q7Z, ele é um frontend escrito em Python com interface gráfica em QT. Ele é capaz de compactar/descompactar arquivos nos formatos 7zip, bzip2, zip, gzip e tar.

Lá vai um screenshot :
Frontend básico para 7zip, bzip2, zip, gzip e tar
Se precisar de mais screenshots :

https://sourceforge.net/project/screenshots.php?group_id=177755

Se você deseja instala-lo em seu sistema, então visite a página :

https://sourceforge.net/project/showfiles.php?group_id=177755/&abmode=1

ou aqui :

http://code.google.com/p/k7z/

E descarregue a última versão disponível para Linux, tem pacote pronto para instalação em formato .deb (Ubuntu, Debian) e RPM (vários outras distros). Descarregue o arquivo .deb em seu computador e depois dê um duplo clique sobre ele. Pronto ! Tá instalado.
O ponto negativo desse programa é que ele não tem suporte ao português e você não pode associar nenhuma extensão de arquivo com ele via nautilus, alias, até pode, mas chamando-o com o nome de arquivo como parâmetro ele simplesmente não abre o bendito do arquivo, forçando você a usar o método File->Open e navegar pelas pastas até o arquivo em questão, o que não é agradável usando as caixas de dialogo QT.

Você encontrará o utilitário Q7Z no Menu Aplicações->Acessórios->Q7Z. Ele ainda não é completo como o 7zip do Windows, mas tem potencial.

Um outro frontend é o PeaZip que também parece ser muito bom e disponibiliza pacotes .deb para instalação :

Você pode encontrar mais screenshots do PeaZip aqui :

http://sourceforge.net/project/screenshots.php?group_id=178996

O PeaZip é visualmente falando mais atraente, comporta um numero maior de formatos, usa a caixa de diálogos do GNOME e pode ter extensões de arquivos associadas ao programa, assim ficará convenientemente integrado ao nautilus e substituir completamente a interface nativa do nautilus que usa o File-Roller para compactar/descompactar arquivos.

O PeaZip realmente vale a pena dar uma conferida, mesmo que você não tenha necessidade de usar opções especiais ao compactar/descompactar arquivos. Para instalar o processo é semelhante ao Q7Z, visite a página :

http://sourceforge.net/project/showfiles.php?group_id=178996/&abmode=1

Descarregue a versão “PeaZip for Linux, GTK2” em formato .deb para Ubuntu e Debian, depois dê um duplo clique e pronto ! programa instalado. O PeaZip é o programa mais facetado para outras distros que existe, além da versão windows, rpm e deb, ainda concentra-se em pacotes .tgz (slackware) e GTK1.

Você encontrará o utilitário PeaZip no Menu Aplicações->Ferramentas de Sistema->PeaZip. Ele é bastante completo, é fácil de perder-se entre tantas opções. O ponto negativo fica por conta do suporte a língua, sem tradução para o português.

Ambos programas permitem usar algumas opções comuns entre todos os formatos, por exemplo, criar multi-volumes subseqüenciados para gerar backups em CD/DVD que possuem restrição de tamanho e também acrescentar uma senha e protege-los de roubo. O PeaZip permite o uso de temas e idiomas diferentes do inglês, além disso permite a associação de extensão de arquivos e integração com o nautilus.

6 Comentários

Criando diagramas de janelas-protótipos de programas

Muitas das vezes somos forçados a desenhar janelas dos programas para demonstrar a outros como desejamos que seja feito o programa ou o inverso, como devemos criar tal programa. Nessas horas, podemos usar um programa vetorial ou … Pencil. Pencil é um programa criado com essa finalidade, isto é, criar diagramas de janelas-protótipos e depois o resultado poderá ser exportado para o formato .png.

Veja um exemplo :

Exemplo de diagrama sendo criado

Assista a esse vídeo demonstrativo, que inclusive ensina a trabalhar com os “shapes” e também com documentos :

http://www.evolus.vn/Pencil/UserGuide-WorkingWithShapes.html
http://www.evolus.vn/Pencil/UserGuide-WorkingWithDocument.html

E se gostar então siga o guia para instala-lo no seu computador :

1) E no inicio era apenas o terminal…
Dê um ALT+F2 e execute “gksu gnome-terminal”

2) Faça o download do programa
Acesse o website :

http://www.evolus.vn/Pencil/Downloads.html

e faça o download da versão Linux GTK.

3) Para instalar, execute :

mkdir /usr/share/pencil-1.0
cd /usr/share/pencil-1.0
tar zxvf /local/onde/voce/baixou/Pencil-1.0-1-linux-gtk.tar.gz

4) Criando o atalho :
Dê novamente um ALT+F2 e execute “gksu gedit /usr/share/applications/pencil.desktop” e cole neste novo arquivo o seguinte conteúdo :

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Type=Application
Name=Pencil
Comment=Criar diagramas de janelas-protótipos de programas
Exec=/usr/share/pencil-1.0/pencil
TryExec=/usr/share/pencil-1.0/pencil
Icon=/usr/share/pencil-1.0/icons/document.png
Terminal=false
Categories=Application;Office;
StartupNotify=false

Um atalho para o Pencil será criado no Menu Aplicações->Escritório.

Problemas ?
A instalação aqui deu certo, porém sua primeira execução não trouxe nenhum shape.
Mas foi apenas fechar o programa e abrir de novo e pimba…estavam lá todos os shapes necessários para criar telas em GTK e Windows. Se com você os “shapes” não aparecerem de jeito nenhum então só lhe resta instala-lo como complemento para o firefox que você poderá ver no passo seguinte.

Complemento para o Firefox
Quer simplificar ainda mais ?
Então instale apenas o complemento para o Firefox, acesse o website :

http://www.evolus.vn/Pencil/Downloads.html

e clique no botão “Install Now” na seção “Use as a Firefox addon”.

Se esse método é tão mais fácil, porque eu não disse antes ?
A resposta pode variar, mas a idéia era complicar primeiro e se você chegou até o final então o esforço terá valido a pena :)

Conclusão :
O programa ainda é preliminar, mas já possui componentes visuais suficientes para demonstrar a maioria dos tipos de telas para programas feitos em GTK e Windows.

3 Comentários