Para os que possuem placas de vídeo hibridas…uma luz no final do túnel

Os novos processadores Intel i5 e i7 na maior parte das vezes acompanham uma GPU  no núcleo do processador, além de tornar o computador mais barato, essa caracteristica tem mais um uso prático, no caso de Notebooks usar a GPU Intel em detrimento da SuperMegaPlacaDeVideo aumenta a longetividade da bateria para os casos onde você não necessita duma GPU fantástica. No Windows, o conceito funciona muito bem, com duas placas de vídeo, ele pode direcionar o processamento para a GPU mais poderosa quando isso for necessário, como em Jogos. Nos casos de uso de programas mais simples como suite de escritório a GPU mais simples e econômica poderá ser usado.

Infelizmente, para os Linuxes, esse tipo de recurso nunca foi aproveitado. Porém, uma luz surgiu no final do túnel e apareceu um programa que promete mudar isso, ele chama-se “Bumblebee”.

Para usar o programa, primeiro tenha certeza de ter instalado o driver proprietário que equipa seu computador, no meu caso – NVIDIA – seria assim :

sudo apt-get install -y nvidia-current

Em alguns casos, você instalar drivers proprietários incluindo NVIDIA e ATI usando o próprio Ubuntu, veja este artigo.

Talvez seja necessário reiniciar o seu computador ao ativar qualquer driver proprietário.

Antes de instalar o Bumblebee, há relatos de alguns que a pasta /usr sumiu ! As mensagens que encontrei já são um pouco antigas, porém é sempre bom avisar.

Para instalar o programa Bumblebee é simples :

sudo apt-add-repository ppa:mj-casalogic/bumblebee
sudo apt-get update
sudo apt-get install -y bumblebee

O Bumblebee está ainda em estágio embrionário por isso não é capaz de selecionar dinamicamente uma placa de vídeo assim que um programa começa a requerer mais recursos de processamento, de fato, você tem de usar um comando chamado  ‘optirun <nome-do-programa>’ para que ele use a placa de maior performance.

Para alguns modelos de notebook que usam placas de vídeo hibridas, recomendo a leitura deste link :

http://www.martin-juhl.dk/2011/05/optimus-on-linux-problem-solved/

Havendo mais novidades, atualizarei este post.

%d blogueiros gostam disto: