Administrando servidores Xen com o Linux

Aqueles que administram servidores de virtualização Xen geralmente conhecem bem a linha de comando, a sintaxe do comando ‘xe’ é bem familiar. Apesar disso, se deliciam em poder administrar um parque de servidores com um único front-end, o XenCenter. O XenCenter é um aplicativo desenvolvido pela Citrix onde se pode adminstrar um pool ou rede de servidores Xen.

O problema do XenCenter é que ele administra apenas a versão proprietária do Xen, conhecido como XenServer.

Um trabalho foi feito na versão opensource do Xen, e a versão mais recente, com o nome de  Xen Cloud Platform (ou apenas XCP) pode ser administrado pelo XenCenter.

Problema resolvido, certo ?

Nem tanto, o XenCenter é uma aplicação Windows .Net e como tal só funciona no Windows e infelizmente obrigam usuários do Linux a virtualizar uma máquina com este sistema só para fazer uso do XenCenter.

Uma luz no fim do horizonte é o surgimento de um programa chamando ‘Open Xen Manager’ que é multiplataforma, desenvolvido em Python :

Tela de Exemplo

Assim, nós, usuários Linux poderemos administrar esses servidores.

Ele ainda não está 100%, às vezes, algumas opções simplesmente não funcionam, mas o trabalho grosso como gerenciar VMs e Snapshots podem ser feitos tranquilamente.

Para instalar, certifique-se de que tenha o utilitário ‘svn’ para descarregar o programa e também o python, se não estiver, execute :

sudo apt-get install subversion python-glade2 python-gtk-vnc

Depois, execute :

cd ~
svn co https://openxenmanager.svn.sourceforge.net/svnroot/openxenmanager openxenmanager
chmod a+x ~/openxenmanager/trunk/openxenmanager
sudo cp ~/openxenmanager/trunk/images/xen.png /usr/share/pixmaps/

Arquivos serão descarregados em ~/openxenmanager.

Para criar um atalho para sua execução, dê ALT+F2 e execute :

gedit /home/$USER/.local/share/applications/openxenmanager.desktop

e cole o seguinte conteúdo :

[Desktop Entry]
Version=1.0
Type=Application
Terminal=false
Exec="/home/$USER/openxenmanager/trunk/openxenmanager"
Name=XenManager
Categories=Application;System;
Comment=Gerenciador de servidores Xen
Icon=xen.png

Troque as ocorrências “$USER” por seu seu login real.

Salve o arquivo e feche o editor.

Novamente, dê um ALT+F2 e execute :

gedit /home/$USER/openxenmanager/trunk/openxenmanager

E cole o seguinte conteúdo :

#!/bin/bash
cd ~/openxenmanager/trunk
python window.py

Notará que apenas a linha em negrito acima foi acrescentada, agora salve o arquivo e feche o editor.

Agora vá no menu do seu ambiente gráfico em Ferramentas de Sistema->XenManager e execute-o de lá.

Se não funcionar de primeira, recomendo que tente executar a partir do terminal :

cd ~
cd openxenmanager/trunk
./openxenmanager

Infelizmente trata-se duma versão em constante desenvolvimento e pode aparecer algo novo que não foi noticiado neste artigo e por isso ele não funcione corretamente para você, mas deixe comentários, assim outros colegas poderão postar caminhos alternativos.

Deseja criar uma sessão especificar para administrar servidores ?

Há uma forma que considero melhor para administrar vários servidores Xen num mesmo parque acrescentando uma nova sessão ao GDM especifica para administrar servidores.

No GDM voce seleciona um usuário chamado XenAdmin e seleciona a sessão chamada XenManager e pimba, ao invés do ambiente GNOME você já executa diretamente o gerenciador XenManager, qual a vantagem disso ?

Se voce tem que estar sempre monitorando um ou vários servidores, ao inves de sair da sua sessão gnome trivial, apenas dá um ctrl+alt+f8 e vai para o ambiente do usuário XenAdmin que roda apenas o XenManager ou um display de uma das máquinas virtuais com footprint menor de memória e sem misturar com as aplicações do seu dia-a-dia que continuam rodando sob usuário diferente. Para realizar esta operação dê um ALT+F2  e execute :

gksudo gedit /usr/share/xsessions/xenmanager.desktop

e cole o seguinte conteúdo :

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Name=XenManager
Comment=Gerenciador de Maquinas Virtuais Xen
Exec=/usr/bin/openxenmanager
Icon=xen.png
Type=Application

Salve e feche o editor.

A seguir, copie o arquivo /home/$USER/openxenmanager/trunk/openxenmanager para o diretório /usr/bin :

sudo cp /home/$USER/openxenmanager/trunk/openxenmanager /usr/bin

Pronto !

Agora crie uma conta chamada XenAdmin e dê uma senha para ela, tente logar-se com ela, mas não feche a sessão atual, apenas opte por trocar de usuário e selecione o XenAdmin, isso fará você voltar a tela do GDM sem fechar sua sessão, agora, ao digitar a senha selecione entre as sessões existentes (Ubuntu, Ubuntu Classico) a sessão chama XenManager. Notará que ao invés do GNOME, executará o XenManager sozinho e mais nada, dê um SHIFT+ALT+F7 e você voltará a sua sessão anterior, dê um SHIFT+ALT+F8 e voltará ao XenManager com a possibilidade de acessar remotamente qualquer servidor virtual.

Essa técnica eu utilizo para administrar minhas máquinas virtuais locais com o VirtualBox, administrar servidores remotos via RDP e também XenServers. Não acho produtivo ficar chamando tudo na mesma camada do usuário hamacker, prefiro um display específico para cada tarefa com o SO (Virtualizado ou por RDP) maximizado sem a camada do GNOME ou KDE.

  1. #1 por Ronaldo Machado em 28 \28\UTC julho \28\UTC 2011 - 20:59

    Ótima dica

  2. #2 por Gideão Baccoli em 3 \03\UTC agosto \03\UTC 2011 - 14:50

    VALEU MESMO CARAAAA!!! Faz muiiitto tempo que rodo uma VM de Windows so pra rodar as coisas de Windows, sendo uma delas o Xen Center. Uma coisa a menos pra se preocupar… Valew mesmo….

%d blogueiros gostam disto: