A crise perfeita…

Não estou entendendo essa crise internacional.

Se é uma crise de crédito e estagnação nas vendas, porque as coisas não custam menos para vender mais ?

Quando vou as lojas, as coisas não diminuíram seu preço, ao contrário aumentaram.

Até a famosa fastfood McDonalds, pelo menos aqui em São Paulo diminuiu aquele pote de nuggets, antes com seis unidades e agora com apenas 4 e sem direito ao molho-cortesia, porém mantendo o mesmo preço. Alguem aí se lembrou dos papéis-higiênicos que mudaram de 40m para 30m, mas mantiveram o mesmo preço  (algumas marcas até aumentaram o cone do rolo para causar a impressão de maior volume) ? Uma ótima oportunidade para  melhorar meus hábitos alimentares.

Vários canais de TV, especialmente o SBT passou a ser uma Las Vegas da TV brasileira, anuncia todo tipo de jogatina lícita : quiz-celular, sorteio de menor lance, telefone, baú,…enfim, os anunciantes fugiram ou dá mais lucro vender jogatina ? E aí, quem quer dinheiro ?

Alias, esse lance de jogos por celular como quiz, menor lance, assinatura disto ou daquilo outro,… deve ser a maior furada. Alguns colegas assinaram um “quiz” na promessa de ganhar um pendrive (sem sorteio) e depois perceberam que ao responder os intermináveis quiz de perguntas e respostas estavam na verdade jogando dinheiro fora por cada SMS enviado, afinal, responde-los não é de graça. Eu fui vítima desse golpe também, depois da quarta mensagem você percebe que ainda vai demorar muito e que o custo das ligações não valem o pendrive, assim você perde dinheiro por causa dos SMSs enviados e eles ainda economizam no pendrive que você desistiu. A sensação de idiota não saiu da minha cabeça por algumas semanas !

Sempre ouvi falar que a crise é uma oportunidade única para as empresas, onde as gigantes dão espaço para as pequenas emergirem – mas não estou vendo isso. Vejo o contrário, uma oportunidade das grandes fazerem uma faxina com os recursos humanos e elas e o governo inviabilizarem o negócio das pequenas.

Sempre preferi em não comprar em grandes lojas porque minha preferencia é pagar ‘a vista e com desconto, nem que tenha que esperar para juntar todo o dinheiro, mas infelizmente as grandes lojas preferem vender “avista, porem parcelado”. Achei que com essa crise, eu poderia ir até um Carrefour da vida e pleitear um desconto contra um pagamento avista, pois é, ainda não foi dessa vez, preferem que você compre “avista, mas parcelado” – sabemos que isso não existe. Errata : quando dão o desconto, o valor é irrisório e não compensa.

No Brasil, os bancos nunca faturaram tanto, é um recorde atrás do outro. Apesar disso, endureceram e tornaram mais caro o crédito.

Enfim, essa é a crise perfeita porque apesar dela, o modo operacional das empresas não mudou – a ganancia nunca muda -, e a oportunidade de mamar nas tetas, digo, receber algum incentivo do governo nunca foi tão atrativo.

  1. #1 por Fabio Silva em 17 \17\UTC março \17\UTC 2009 - 5:43

    A sua opinião é verdade na Europa também! Esta ‘crise’ está a ser igual em todo o Mundo… Só serve para despedir e deslocar fábricas para a China.

    Um abraço!

  2. #2 por Weslei em 17 \17\UTC março \17\UTC 2009 - 17:28

    Bem sobre isso so tenho a dizer o nuggets com 6 não diminuiu ele simplesmente saiu do cardapio e fico o de 4 que é mais barato quase 4 reias o noutro era 6 o que diminui foi o de 12 que fico com 10 e so tem um molho antes era dois mais o preço diminui foi de 10 para 8

  3. #3 por Gustavo em 18 \18\UTC março \18\UTC 2009 - 7:14

    Nao sei de qual Europa o Fabio Silva esta falando, na parte em que me encontro posso notar que a crise acarretou na queda de precos de alguns produtos e servicos.

    Sobre McDonalds, ontem mesmo fui la e vi que estavam com uma promocao — quase todo cardapio pela metade do preco (na verdade vc pede um e leva dois, com quase tudo — inclusive Big Mac e os lanches mais populares).

  4. #4 por Álvaro V A em 20 \20\UTC março \20\UTC 2009 - 9:38

    Crise melhor que essa não existe, principalmente se você trabalha no núcleo operacional de um banco, de uma montadora ou na petrobras.

    É record atrás de record, e analisando bem notamos que ela jamais chegou nessa terra chamada Brasil.

%d blogueiros gostam disto: