Você já usou as fontes "Liberation" ?

As fontes Liberation na realidade não é apenas uma única fonte, o mais sensato é dizer que é um nome para a família composta pelas fontes Liberation Sans, Liberation Serif e Liberation Mono, todas elas fontes True-Type. O que há de espetacular nessas fontes ? Bem, essas fontes são milimetricamente compatíveis com outras fontes muito usadas : Arial Monotype, Times New Roman e Courier New. Além disso, as fontes Liberation possuem licença GPL e com exceção para documentos, isto é, pode ser usado por aplicativos compatíveis com a GPL e no caso de documentos criados com essa família de fonte a licença GPL não é aplicável, daí a exceção GPL.

Para instalar essas fontes, instale via Synaptic o pacote ttf-liberation ou se preferir a linha de comando :

sudo apt-get -y install ttf-liberation

Se você quer ter uma idéia de uso dessas fontes poderá simplesmente mudar a aparência do seu desktop trocando as habituais fontes Serif pelas Liberation, vá no menu principal do GNOME->Preferencias->Aparencia, selecione a guia “Fontes” e veja suas fontes em uso :

Forma ou renderização das fontes

Essas fontes tem uma boa reputação, mas que tal troca-las para Liberation :

Use por alguns dias, se gostar permaneça com elas e faça uso delas em seus documentos e afins.
Um detalhe importante, selecione a renderização apropriada para seu tipo de monitor senão a exibição das fontes poderão ser prejudicadas.

  1. #1 por ney frota em 20 \20\UTC junho \20\UTC 2008 - 14:15

    change command line to apt: link. ex:

    apt:ttf-liberation

    Its easy for new users!
    click and start install.
    no command line

  2. #2 por Mário Henrique em 21 \21\UTC junho \21\UTC 2008 - 18:53

    Valeu!!!

  3. #3 por Radical Livre em 21 \21\UTC junho \21\UTC 2008 - 21:10

    Gostei da Liberation, mas a fonte mono é horrível num terminal. Para este caso, prefiro a BitStream Vera.

  4. #4 por Fabiane em 22 \22\UTC junho \22\UTC 2008 - 0:15

    Boa dica. O que eu goto da Liberation (principalmente a versão serifada) é que, apesar dela ser uma parenta das Times da vida, ela é muito bonita.

    Pessoalmente, acho que o Morrison fez uma cagada sem tamanho quando criou a Times New Roman. A Liberation tem um desenho mais arredondado, acho ela mais apropriada pra ler em tela (tanto quanto a Georgia, feita especialmente pra isso), e não cansa tanto. Talvez porque a Times seja uma fonte própria pra jornal, econômica em termos de espaço, mas o kerning dela é muito esquisito.

    Eita, já falei demais, me empolgo com tipografia. :D

  5. #5 por Tadeu ramos em 23 \23\UTC junho \23\UTC 2008 - 1:18

    Hamehacke vc saberia como eu faço para fazer uma iso do debian lenny eu customizei ele e só falta criar um live cd dele que seja instalavel se vc sober como eu consigo resolver este meu problema.

  6. #6 por hamacker em 23 \23\UTC junho \23\UTC 2008 - 10:43

    Tadeu,

    Não sei como se cria livecds no debian, porém deve ser muito parecido com o processo do ubuntu onde no /etc/skel voce possui um gconf.xml com configurações qu voce queira que sejam padrões na sua distro. leia o artigo :
    https://hamacker.wordpress.com/2008/05/08/criando-seu-proprio-livecd-ubuntu/

    Lá tem um comando que eu executo para usar as fontes liberation como padrão.

  7. #7 por João Santana em 9 \09\UTC agosto \09\UTC 2008 - 15:01

    Nunca tive fontes mais horríveis na minha tela — e sim, testei todas as renderizações possíveis.

  1. Ubuntu, um novo-Mundo, uma nova vida…feliz ? | Carlos Aquino
  2. Eriberto Blog » Blog Archive » Fontes equivalentes à Arial, Times New Roman e Courier New
%d blogueiros gostam disto: