VirtualBox Personal Edition para Ubuntu Hardy Heron

Não faz muito tempo que postei o artigo “VirtualBox no Ubuntu 8.04”, o qual fiz referencia a instalação do VirtualBox Open Source Edition (virtualbox-ose). Mas a versão OSE tem algumas limitações que podem atrapalhar pela falta de recursos que a versão Personal ou Comercial possui :

  • Possui um servidor RDP completo integrado, permitindo assim que usuários se conectarem com qualquer cliente RDP e rodar apenas um único aplicativo ou uma sessão inteira.
  • Suporte a USB (mesmo numa sessão interativa usando o RDP)
  • USB over RDP
  • iSCSI initiator
  • Sempre mais atualizada do que a versão OSE

VirtualBox Personal Edition é uma licença comercial que lhe é permitido usa-lo sem pagar nada desde que seja para uso Pessoal ou para Avaliação. Se você gostar e quiser instalar na sua empresa, então terá de pagar por ele. Se você nem sabe do que se trata os recursos acima, então provavelmente a versão OSE é suficiente para você e neste caso siga as orientações no artigo VirtualBox no Ubuntu 8.04.

1) Ferramentas de compilação

É necessário num dos passos compilar o módulo vboxdrv e sem os programas corretos instalados você não será capaz disso. Por essa razão execute no terminal :

sudo apt-get -y install module-assistant debhelper dpkg-dev gettext \
html2text intltool-debian patch po-debconf dh-make debian-keyring \
build-essential subversion git-core

2) Descarregue o arquivo para a instalação

Visite a página :

http://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

Clique no link :

Binaries (all platforms)

Descarregue a versão apropriada para Ubuntu Hardy Heron 8.04.

3) Removendo versão virtualbox-ose (se estiver instalado)

Não é possível instalar a versão comercial do VirtualBox se houver a versão OSE instalada, por isso necessitamos de remove-la antes :

sudo apt-get remove -y --purge virtualbox-ose*

Com a versão OSE removida poderemos prosseguir com a instalação.

4) Iniciando a instalação

Dê um duplo clique no arquivo que foi descarregado, a saber, o arquivo virtualbox_[versao]_Ubuntu_hardy_i386.deb, ou se preferir o terminal :

sudo dpkg -i /onde/descarreguei/o/arquivo/virtualbox_[versao]_Ubuntu_hardy_i386.deb
sudo apt-get install -f

A instalação é bastante intuitiva, mas faz parte do processo de instalação fazer a seguinte pergunta ao operador :

Should the vboxdrv kernel module be compiled now?

Traduzindo para o bom português :

Gostaria que fosse compilado o modulo para o kernel vboxdrv agora?

Vamos responder “Não”, porque faremos isso no próximo passo.

5) Compilando o módulo vboxdrv

Se você não compilar um módulo chamado de ‘vboxdrv’, ao tentar rodar alguma VM vai tomar a seguinte mensagem de erro :

The vboxdrv kernel module is not loaded.

para resolver essa questão, execute no terminal :

sudo /etc/init.d/vboxdrv setup

Apesar dos módulos serem carregados dinamicamente, eu recomendo reiniciar o computador a cada atualização.
Preste atenção : O comando acima terá de ser executado toda a vez que você atualizar o kernel de seu sistema.

6)Acrescente os usuários do VirtualBox ao grupo ‘vboxusers’

Voce deverá acrescentar você e todos os usuários do VirtualBox ao grupo ‘vboxusers’, sem isso o VirtualBox simplesmente não funcionará. Execute no terminal a seguinte sentença para cada usuário do VirtualBox :

sudo adduser [login] vboxusers

Parece simples, mas muita gente esquece de adicionar a sí mesmo, e colhe problemas ao executar o VirtualBox.

7) Detecção e funcionamento de dispositivos USB

O acesso a dispositivos USB não é público, isto é, nem todos os programas tem acesso a dispositivos USB que foram plugados. Você tem que dar essa permissão também ao VirtualBox. Dê um ALT+F2 e execute :

gksu gedit /etc/init.d/mountdevsubfs.sh

Encontre essas linhas e descomente-as retirando o “#” do inicio delas ficando assim :

#
# Magic to make /proc/bus/usb work
#
mkdir -p /dev/bus/usb/.usbfs
domount usbfs "" /dev/bus/usb/.usbfs -obusmode=0700,devmode=0600,listmode=0644
ln -s .usbfs/devices /dev/bus/usb/devices
mount --rbind /dev/bus/usb /proc/bus/usb

Salve o arquivo e depois saia do editor. Agora execute no terminal :

sudo /etc/init.d/mountdevsubfs.sh start

A partir daí, os dispositivos USB estarão visiveis as “Virtual Machines”.

8) Permissões para mass-storage e devices USB

Permitir o VirtualBox detectar dispositivos USBs é interessante, mas insuficiente para ele conseguir montar dispositivos USB ou acessar o que há dentro deles. Não é culpa do VirtualBox porque somos nós que temos de definir quem pode ou não acessar tais dispositivos e por padrão o grupo ‘vboxusers’ não tem acesso a nada que diz respeito ao sistema de arquivos do hospedeiro. Para mudar essa situação dê um ALT+F2 e execute :

gksu gedit /etc/udev/rules.d/40-permissions.rules

E procure pelas linhas :

# USB serial converters
SUBSYSTEM=="usb_device", GOTO="usb_serial_start"
SUBSYSTEM==”usb”, ENV{DEVTYPE}==”usb_device”, GOTO=”usb_serial_start”
GOTO="usb_serial_end"
LABEL="usb_serial_start"
ATTRS{idVendor}=="0403", ATTRS{idProduct}=="6001", \
MODE="0660", GROUP="dialout"

LABEL="usb_serial_end"

Note a linha em negrito, será alí que você precisará acrescentar um GROUP="vboxusers" ficando assim :

ATTRS{idVendor}=="0403", ATTRS{idProduct}=="6001", \
GROUP="vboxusers", MODE="0660", GROUP="dialout"
LABEL="usb_serial_end"

Salve o arquivo e saia do editor.
Apenas as alterações acima são suficientes no meu caso, mas para algumas pessoas mesmo com as modificações sugeridas ainda não conseguem acesso e/ou permissões aos dispositivos USBs, se voce é um deles então vai ter que sair do método Rocky (que não cansa de apanhar dos inimigos) e partir para a ignorância e usar o método Chuck Norris e dar um roundhouse kick, vá até o terminal e descubra qual é o ID do grupo ‘vboxusers’, execute :

$cat /etc/group |grep vboxusers
vboxusers:x:124:fulano

Anote o ID acima, no meu exemplo ID “124”.
Agora dê um ALT+F2 e execute :

gksu gedit /etc/fstab

Acrescente as linhas :

# vboxusers com acesso a usbfs
none /proc/bus/usb usbfs devgid=124,devmode=664 0 0

Troque o ID 124 pelo ID usado pelo grupo ‘vboxusers’.
ou se estiver despreocupado com permissões as estes dispositivos USB :

none /proc/bus/usb usbfs defaults,devmode=0666 0 0

Salve o arquivo e saia do editor.
Dê um ALT+F2 e execute :

gksu gedit /etc/init.d/mountkernfs.sh

Procure pela linha onde houver o comentário :

# Mount spufs, if Cell Broadband processor is detected

Acima dessa linha (portanto fora do laço IF), acrescente :

# Montar usbfs para uso do VirtualBox
domount usbfs usbdevfs /proc/bus/usb -onoexec,nosuid,nodev,devgid=124,devmode=664

Salve o arquivo e saia do editor.
Para testar as modificações, execute no terminal :

sudo /etc/init.d/mountkernfs.sh start

As dicas acima foram retiradas deste outro artigo em inglês. Se sua USB ainda não estiver funcionando então reveja os passos, porque o roundhouse kick nunca falha :)

Reinicie o computador e desfrute do VirtualBox

Para executar o VirtualBox basta ir no menu do GNOME->Ferramentas do Sistema->Sun xVM VirtualBox :
Tela de carregamento do VirtualBox

Manual do VirtualBox

O manual pode ser obtido no seguinte endereço :

http://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

Criando um máquina virtual Windows

Instruções detalhadas de como criar uma máquina virtual Windows estão no artigo :
https://hamacker.wordpress.com/2008/04/30/virtualbox-no-ubuntu-804/

Criando uma bridge para o VirtualBox

Instruções detalhadas de como criar uma bridge com uma máquina virtual Windows estão no artigo :
https://hamacker.wordpress.com/2008/04/30/virtualbox-no-ubuntu-804/

Compartilhando pastas entre máquina virtual e linux

Instruções detalhadas de como compartilhar pastas entre máquina virtual windows e linux estão no artigo :
https://hamacker.wordpress.com/2008/04/30/virtualbox-no-ubuntu-804/

Conclusão

O VirtualBox é muito bom e rápido, uma instalação típica do Windows 2000 professional levou apenas 12 minutos, incluindo o boot pelo CD. O uso da versão Personal ou OSE depende muito do que se pretende fazer, na maioria das vezes a OSE atende plenamente.

  1. #1 por rafael gimenes em 11 \11\UTC junho \11\UTC 2008 - 13:19

    música do video 3d do blog do padoca
    Cold Play – Clocks

  2. #2 por Efraim Queiroz em 11 \11\UTC junho \11\UTC 2008 - 16:11

    Hamacker,

    O texto do Ubuntu Unleashed não sugere colocar as linhas abaixo ACIMA de “#Mount spufs … “?

    # Montar usbfs para uso do VirtualBox
    domount usbfs usbdevfs /proc/bus/usb -onoexec,nosuid,nodev,devgid=124,devmode=664

    Agora, independente disto, as minhas USBs não funcionam nem com reza brava. Estou usando a versão OSE, fiz todas as alterações nos arquivos sugeridas e as USBs não aparecem. Tem alguma sugestão?

  3. #3 por Rogério em 11 \11\UTC junho \11\UTC 2008 - 17:31

    É uma pena que não funciona driver de vídeo no Virtual Box, tentei esse para ver se conseguia resolver o problema absurdo do Ubuntu que não funciona minha placa de tv pixelview, mas sem sucesso, pois ele utiliza o driver de vídeo do ubuntu…
    O que me levou a instalar o XP novamente para conseguir assistir e gravar TV no pc…
    Mas sei que isso é passageiro um dia vai ter suporte a placa de TV, quando comecei no 5.04 nem minha firewire reconhecia, mas desde, a versão 6.04 ele reconhece na boa a 1394!

  4. #4 por mafagafo em 11 \11\UTC junho \11\UTC 2008 - 22:32

    Gostei muito mesmo de seu tutorial e do virtualbox, ta tudo funcionando certinho e sem complicação aqui no meu notebook dv6230br, fica apenas minha reclamacao sobre o seamless mode, que aqui fica com a area de trabalho bugada e falta de suporte a aceleração de placas de video, mas em uns anos vai ser um dos melhores (quiça o melhor) do mercado, dá-lhe Sun.

  5. #5 por hamacker em 12 \12\UTC junho \12\UTC 2008 - 9:40

    Efraim, quando olhar artigos no wordpress não use o copiar/colar desenfreado. As aspas quando coladas nos editores são “aspas comerciais” e provocam erro de sintaxe.

    Editar o fstab e simplesmente colar uma sentença do wordpress que use aspas("teste" vira isso “teste”) ou dois traços seguidos(-- vira isso –) é uma tortura porque provoca erros que nem sempre são detectados pelo sistema.

    Se todos apontam para a mesma solução, será mesmo que são os artigos que estão errados ? É algo a se pensar.

    Nos artigos que eu crio, eu tenho que revisa-los depois trocando aspas duplas, sinal de menor e outros por caracteres hexadecimal em html :

    http://www.ime.usp.br/~glauber/html/acentos.htm

    para evitar que o wordpress converta meus caracteres especais, mesmo assim as vezes algum erro passa. Há apontei o problema para os caras do wordpress, mas insistem em ignorar.

    Realmente, não é abaixo, mas acima.
    Mas não faria diferença porque se colasse abaixo do comentário ainda estaria fora do IF :
    if mountpoint -q /proc && grep -qs ‘^cpu.*Cell’ /proc/cpuinfo; then
    (…)

    Mesmo assim já corrigí.

  6. #6 por Luiz Cezar em 14 \14\UTC junho \14\UTC 2008 - 9:39

    Ola amigos, utilizo o Ubuntu 8.04, com Virtual Box instalado, e tenho apenas uma duvida com relaçao a este aplicativo.

    Estou rodando na minha VM, o XP, o OS/2 Warp 4 e o Vista, porem no Windows Vista, nao consigo que as minhas pastas compartilhadas sejam reconhecidas pelo ruindows. No XP funciona uma beleza.

    Claro que o problema pode ser no Ruindows, mas alguem teria alguma dica?
    Ja mechi em varias configuraçoes e nada.

    Obrigado

    Luiz

  7. #7 por Marcus VBP em 17 \17\UTC junho \17\UTC 2008 - 7:46

    Hamacker. Em primeiro lugar, parabéns pelo tutorial, funcionou aqui quase perfeitamente! Só tenho algumas resalvas:

    1 – O Windows XP SP3 na maquina virtual não detecta meu pendrive…
    2 – o bixo está sem som…
    3 – gostaria muito de criar uma rede entre o meu ubuntu 8.04 e o Windows na máquina virtual. Já compartilhei a pasta no Ubuntu e também incluí a pasta nas configurações da máquina virtual para compartilhamento… Mas nada de conseguir acessar. A internet na máquina virtual funciona normalmente! Aqui em casa, uso um roteador wireless Linksys, não sei se esta informação lhe ajuda de alguma forma…

    Até mais, e continue o excelente trabalho!

  8. #8 por Marcus VBP em 17 \17\UTC junho \17\UTC 2008 - 8:00

    a sim, esqueci de dizer q gostaria de acessar meu apache instalado no ubuntu… Para utilizar a VM para testar meus sites no IE7. É possível?

  9. #9 por Luiz Vitor em 17 \17\UTC junho \17\UTC 2008 - 13:42

    Cara!!! Eu não sou viado mas você merece um beijo na boca!!!

  10. #10 por Marcus VBP em 19 \19\UTC junho \19\UTC 2008 - 8:56

    Boas novas. Já consegui ter som e usar o pendrive na máquina virtual. Só falta agora configurar uma rede entre o Ubuntu e o Virtual box

  11. #11 por Fabio em 20 \20\UTC agosto \20\UTC 2008 - 9:45

    OLá Hamacker,

    Instalei o VBox num desktop e tudo certo… rodo o XP dentro do Ubuntu. Entretanto, no meu notebook, a instalação do XP começa a travar no final … A saída do dmesg mostra:

    [ 22.751682] Driver ‘sd’ needs updating – please use bus_type methods
    [ 22.751756] sd 0:0:0:0: [sda] 156301488 512-byte hardware sectors (80026 MB)
    [ 22.751769] sd 0:0:0:0: [sda] Write Protect is off
    [ 22.751771] sd 0:0:0:0: [sda] Mode Sense: 00 3a 00 00
    [ 22.751788] sd 0:0:0:0: [sda] Write cache: enabled, read cache: enabled, doesn’t support DPO or FUA
    [ 22.751839] sd 0:0:0:0: [sda] 156301488 512-byte hardware sectors (80026 MB)
    [ 22.751849] sd 0:0:0:0: [sda] Write Protect is off
    [ 22.751852] sd 0:0:0:0: [sda] Mode Sense: 00 3a 00 00
    [ 22.751868] sd 0:0:0:0: [sda] Write cache: enabled, read cache: enabled, doesn’t support DPO or FUA

    Alguma idéia?

    []s

  12. #12 por Mario em 1 \01\UTC setembro \01\UTC 2008 - 12:53

    Oi, Hamacker td bem?

    Por um acaso vc teria um tuti sobre, comunicação de redes entre maquinas virtuais e reais que usam linux??

    Obrigado!!!

  13. #13 por Eduardo em 6 \06\UTC novembro \06\UTC 2008 - 15:02

    amigos, alguem já tentou esta peripécia no ubuntu 8.10? Não há mais nada como nos arquivos do 8.04, mudou tudo, e agora mestre Hamacker?

  14. #14 por Eduardo em 7 \07\UTC novembro \07\UTC 2008 - 12:17

    Solução para USB do Virtualbox no ubuntu 8.10 interprid:

    1 – O passo “7” gksu gedit /etc/init.d/mountdevsubfs.sh passou a ser dispensável, já que a estrutura do arquivo mudou completamente.

    2 – passo 8: permissão defaults X devgrid, a mesma permissão deve ser dada no fstab e mountkernfs.sh:

    com devgrid
    fstab
    # vboxusers com acesso a usbfs
    none /proc/bus/usb usbfs devgid=124,devmode=664 0 0
    mountkernfs.sh
    # Montar usbfs para uso do VirtualBox
    domount usbfs usbdevfs /proc/bus/usb -onoexec,nosuid,nodev,devgid=124,devmode=664

    com “defaults”
    fstab
    # vboxusers com acesso a usbfs
    none /proc/bus/usb usbfs defaults,devmode=664 0 0
    mountkernfs.sh
    # Montar usbfs para uso do VirtualBox
    domount usbfs usbdevfs /proc/bus/usb -onoexec,nosuid,nodev,defaults,devmode=664

    Feitas estas alterações, o virtuabox no interprid reconheceu perfeitamente os dispositivos USB, mp3players, teclado, e demais…

  15. #15 por Raul Souza Lima em 30 \30\UTC novembro \30\UTC 2008 - 4:01

    Hamacker tu poderia me ajudar?
    Seguinte, estou usando Ubuntu 8.10 e Virtualbox-2.0.

    Seguindo este tutorial, principalmente este último comentário que fala do 8.10, eu por uma vez consegui fzr com q o virtualbox reconhecesse minha usb.

    Eu utilizo uma máquina virtual com winXP somente para usar a webcam via usb.

    Como disse, da primeira vez funcionou, reconheceu a usb. Só que agora não está reconhecendo novamente.
    Eu olho o fstab e o mountkernfs.sh e estão certos, como mostrado acima.

    No virtualbox quando clico em Dispositivos > Dispositivos USB > aparecem os dois ids de equipamentos usb que estão conectados, mas aparecem apagados, ñ consigo ativar novamente.

    Sabe como posso resolver isso?

    Desde já obrigado!

  16. #16 por Fred em 2 \02\UTC fevereiro \02\UTC 2009 - 21:16

    Kra to com um problema no seu script o broffice 3 não instala parece q o link ta quebrado arruma a i e comunica blz?
    dezde ja brigadão

  17. #17 por Roberto em 23 \23\UTC março \23\UTC 2009 - 13:53

    Muito bom seu tutorial, parabéns!

  18. #18 por dj-cesar em 14 \14\UTC agosto \14\UTC 2009 - 15:05

    Hamacker preciso de tua ajuda, pois é o seguinte eu to com o kubuntu instalado rodando o Sun VirtualBoxe o xpsp2 dentro dele, tenho duas impressoras e mais portas usb.
    a impressora hp deskjet d15600 esta configurada 100%, so que a outra impressora Scx4200 da samsung esta com icone como desativado, vejo ele so que nao posso ativa-lo como faço para ativa-lo no virtualbox, uma vez que a scx4200 está funcionando normalmente no kumbuntu.
    desde já agradeço

  19. #19 por Alex em 7 \07\UTC setembro \07\UTC 2009 - 19:37

    Olá hamacker, parabéns pelo tuto!

    Como configurar porta serial no virtualbox 3.0 com Ubuntu Jaunty

    Preciso usar um scanner.

    Também estou com problemas para configurar usb pois o arquivo no jaunty é diferente.
    Não entendi a explicação do Eduardo.

    Abraços.

  20. #20 por Fernando em 28 \28\UTC outubro \28\UTC 2009 - 17:19

    Pqp que trabalheira danada! Pq os fdps dos desenvolvedores nao lançaram o programa já pronto pra isso! q merda!

  21. #21 por sj em 12 \12\UTC fevereiro \12\UTC 2010 - 14:06

    no site do fabricante costuma ter os drivers

  1. Atualizando o VirtualBox OSE « Hamacker’s Palace
%d blogueiros gostam disto: